17 de março de 2011

Abraço...

Dá-me um abraço que seja forte
e me conforte a cada canto
não digas nada
que nada é tanto
e eu não me importo

dá-me um abraço fica por perto
neste aperto tão pouco espaço
não quero mais nada, só o silêncio
do teu abraço

Já me perdi sem rumo certo
já me venci pelo cansaço
e estando longe, estive tão perto
do teu abraço

dá-me um abraço que me desperte
e me aperte sem me apertar
que eu já estou perto, abre os teus braços
quando eu chegar

é nesse abraço que eu descanso
esse espaço que me sossega
e quando passas dá-me outro abraço
só um não chega

Já me perdi sem rumo certo
já me venci pelo cansaço
e estando longe, estive tão perto
do teu abraço"

[Miguel Gameiro]

16 de março de 2011

Amei ,
com a delicadeza de quem segura nas mãos
uma bolha de sabão
com o cuidado de quem tece fios de seda,
acalentei a própria vida
Esperei,
como quem contempla o sol
após a chuva torrencial
Desejei,
como quem almeja a paz
depois que o estrondo jaz
Não contemplo águas paradas
persigo o movimento que há nas estradas
Hoje, não é o fim
encontro ondas dentro de mim
ainda amo, acalento, espero, desejo...
transformo cada momento num ensejo

[Úrsula Avner]

Não há lugar para onde correr:
as mudanças, quando precisam acontecer,
sabem como nos encontrar.

[Ana Jácomo]
Todos os dias, quando acordo,
vou correndo tirar a poeira da palavra amor.

[Clarice Lispector]